Image

Wellington do Curso denuncia ao Ministério Público situação de escola estadual

Após realizar visita ao Centro de Ensino Anália Neiva, uma escola estadual localizada no município de Nova Iorque, o deputado estadual Wellington do Curso (PP) denunciou a situação da escola ao Ministério Público.

A denúncia foi encaminhada na tarde desta segunda-feira (07), por meio de ofício, e questiona o fato de a escola estar na lista das “574 escolas reformadas” pelo Governo do Estado, já que, na realidade, o que se encontrou foi, segundo ele, um espaço destruído e sem as mínimas condições de funcionamento. O documento foi protocolado na Promotoria de Pastos Bons, responsável pelas demandas do município de Nova Iorque.

“Já denunciamos essa situação na tribuna da Assembleia Legislativa. Visitamos a escola e o que encontramos foi uma escola com salas de aula precárias, cadeiras e armários quebrados, jogados no pátio, um muro que caiu e mato para todo lado. Até agora, nenhum posicionamento por parte da Secretaria de Educação. Diante dessa omissão, encaminhamos todas as informações ao Ministério Público para que adote as devidas providências. Não podemos assistir a essa propaganda mentirosa e não fazer coisa alguma. Isso é brincar com a inteligência do cidadão maranhense. É desrespeitar alunos e professores”, afirmou Wellington.

Wellington afirmou que, em menos de 08 dias, essa já é a segunda situação de escola que, na teoria foi reformada, mas que, na realidade, está sem as mínimas condições. A outra escola foi o Centro de Ensino Professor Ribamar Torres, na cidade de Pastos Bons, que consta como reformada, mas na realidade teve apenas o muro pintado. Todas essas reivindicações de alunos e professores foram expostas pelo deputado Wellington do Curso, que tem desenvolvido o projeto “De Olho nas Escolas”.

COMENTÁRIOS