Image

Fábio retorna, Dedé marca, Cruzeiro vence e aguarda adversário da semi

O tempo

O “mito” voltou a balançar as redes com a camisa celeste após mais de dois anos e marcou um dos gols do 2 a 0 contra o Democrata; camisa 1 ficou ausente por quase oito meses

Na matinê de domingo (9) do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro não dormiu no ponto e na volta do goleiro Fábio, que ficou quase oito meses afastado dos gramados por causa de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho direito, bateu o Democrata-GV por 2 a 0, em partida válida pela última rodada da fase classificatória da competição.

imageO zagueiro Dedé, que passou por uma cirurgia no joelho direito e não atuava no Gigante da Pampulha há um ano, e o atacante Ábila fizeram os gols celestes. O zagueiro não marcava com a camisa cruzeirense desde 19 de outubro de 2014, quando a Raposa triunfou por 1 a 0 contra o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Com o resultado, a Raposa chegou aos 27 pontos e ampliou para 20 jogos a sua invencibilidade na temporada. A equipe celeste aguarda agora pelo seu adversário na semifinal, que poderá ser América ou URT. O Coelho já está classificado, faltando definir se em terceiro ou quarto lugar. A única equipe que poderá terminar na terceira colocação é a URT, que abre a rodada na quarta posição e tem dois pontos a menos que o América.

 

Mais preocupado com o compromisso da próxima quinta-feira, quando o Cruzeiro vai enfrentar o São Paulo no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, o técnico Mano Menezes poupou o goleiro Rafael, o zagueiro Manoel, os meias Ariel Cabral, De Arrascaeta e Alex e o atacante Rafael Sóbis. Também não jogaram os zagueiros Ezequiel e Diogo Barbosa, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

 

A realização da partida na parte da manhã levou muitas crianças ao Mineirão. A grande atração do confronto para os torcedores que saíram cedo de casa para ir ao Gigante da Pampulha foi a oportunidade de rever o ídolo Fábio, que não fazia uma partida oficial pelo clube desde o dia 16 de agosto do ano passado, no empate em 2 a 2 com o Coritiba, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

O jogo. Livre do risco de rebaixamento e com chances mínimas de garantir uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018, o Democrata-GV veio ao Mineirão com a proposta de tentar surpreender no contra-ataques. Mesmo sentindo a falta de um melhor entrosamento, o Cruzeiro abriu o placar aos 17 min com o zagueiro Dedé.

 

O volante Lucas Silva cobrou falta da esquerda, a bola desviou no zagueiro Wellington e sobrou para Dedé, de carrinho, vencer o goleiro Alencar. Com mais posse de bola, a Raposa continuou pressionando a Pantera, que se arriscou pouco ao ataque. Antes do intervalo, a torcida celeste ainda fez a festa quando o telão do Mineirão mostrou a imagem do ex-meia Alex, campeão da tríplice coroa com o clube em 2003.

 

Antes do início da etapa complementar foi observado um minuto de silêncio em homenagem ao torcedor do Democrata-GV, Jefferson Cegão. Ele morreu de infarto nessa segunda-feira, logo depois que a Pantera marcou o gol na vitória por 1 a 0 sobre o América-TO, resultado que salvou a Pantera do rebaixamento.

 

Quando a bola voltou a rolar, mais uma vez coube ao Cruzeiro tomar a iniciativa de buscar o ataque. A equipe celeste teve outra chance de ampliar a vantagem os 7 min com uma bola cabeceada pelo zagueiro Dedé e bem defendida pelo goleiro Alencar. Aos 12 min, a Raposa marcou o segundo gol, com Ábila, mas o atacante celeste estava impedido e ainda levou o cartão amarelo por seguir na jogada.

 

O segundo gol cruzeirense saiu aos 27 min. O zagueiro Gérley levantou demais o pé esquerdo e acertou o peito de Ábila dentro da área. A arbitragem expulsou o defensor da Pantera e deu a penalidade para a Raposa, que foi convertida pelo atacante argentino. Mero expectador na maior parte do tempo, o goleiro Fábio ainda teve tempo de mostrar serviço aos 30 min. Após uma bola cruzada da esquerda, o camisa 1 saiu nos pés do atacante Jefferson Tanque para impedir que a Pantera marcasse o gol. Apesar de criar outras boas oportunidades, o Cruzeiro não foi bem nas finalizações, mas segurou o resultado para garantir a oitava vitória no Estadual.

COMENTÁRIOS


PUBLICIDADE

VIDEOS REPORTAGENS

Vídeo para prevenção a agressão à mulher! Faça valer seus direitos denuncie, Delegacia de Polícia Civil de Coelho Neto. Lei 11.340/06. CN precisa de uma secretaria da mulher atuante.

SIGA-NOS NO FACEBOOK